China prende 5 cristãos por participarem de uma conferência na Malásia, onde Tim Keller palestrou



As autoridades comunistas na China prenderam, na última segunda-feira, 26 de julho, cinco cristãos da Igreja Reformada de Xuncheng na cidade de Taiyuan, porque participaram de uma conferência cristã na Malásia no ano passado, onde os pastores Tim Keller e D.A Carson foram palestrantes.


O evento se trata da conferência "Evagelho e Cultura KL2020", organizado pelo pastor chinês indonésio Stephen Tong. 


Os cinco cristãos chineses viajaram legalmente para a Malásia para participar da conferência que aconteceu de 28 a 31 de janeiro, com seus passaportes válidos, porém agora estão enfrentando acusações, segundo informou o International Christian Concern.


Dois deles foram presos quando foram buscar seu colega de trabalho, Zhang Ligong, após ele passar 15 dias detido por causa da sua fé, segundo um pregador da igreja chamado An Yankui. Os outros três foram presos em suas casas.


O Gerente Regional da ICC para o Sudeste Asiático, Gina Goh, disse: “Desde que os Regulamentos Revisados ​​sobre Assuntos Religiosos entraram em vigor em fevereiro de 2018, o governo chinês acrescentou mais leis que buscam restringir as atividades religiosas que não são sancionadas pelo Estado”.


Goh acrescentou: “Pequim é paranoica sobre a interação dos cristãos chineses com os cristãos no exterior. Como resultado, eles estão penalizando os cristãos para impedi-los de 'receber influência estrangeira'. É uma pena que o governo chinês manipule constantemente as leis para violar a liberdade religiosa de seus cidadãos. ”


Ore pela igreja perseguida na China

Tim Keller, um teólogo e autor de best-sellers, e D.A Carson, professor emérito de Novo Testamento na Trinity Evangelical Divinity School e co-fundador da The Gospel Coalition, estavam entre os palestrantes na conferência internacional.


O pregador An Yankui pediu, através de uma pubicação em seu Facebok para que cristãos de todo o mundo orassem pelos cinco chineses presos.  “Que Deus nunca abandone Seus filhos e continue a conceder misericórdia à Sua igreja no caminho que carrega a cruz”.


A Igreja de Xuncheng tem sido alvo de constantes ameaças nos últimos meses, incluindo assédio e detenção de um pregador e vários membros em novembro passado.


MOTIVOS DE ORAÇÃO

  • Ore pelo crescimento contínuo da Igreja e pelo ensino bíblico puro em meio à perseguição contínua.
  • Ore por liberdade de informação; o governo da China tenta controlar o fluxo de informações para seu povo.
  • Ore para que a honestidade e integridade se tornem pilares da política e dos negócios.


Com informações de The Christian Post

Imagem: CBN News

Postar comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem